RETIFICAÇÃO DO EDITAL PARA ALUNO ESPECIAL 2016.2

O Edital para seleção de alunos especiais 2016.2 do PPGAC sofre retificação no quadro de disciplinas disponibilizadas para incluir a disciplina DAN505 Corpo e Criatividade. O quadro de vagas passa a ter a seguinte redação:

Disciplinas Optativas

Dia/ Hora

Local

Professor (a) (s)

TEA 504 – Tradição e

Contemporaneidade na Dramaturgia

Segunda-feira

10h00 às 13h00

A combinar

Cleise Furtado Mendes

TEA 507 – Composição Coreográfica

Sexta-feira

09h00 às 12h00

A combinar

Gilsamara Moura

DAN 505 – Corpo e Criatividade

Sexta-feira

09h45 às 12h30

A Combinar

Suzana Maria Coelho Martins

DAN 505 – Danças Tradicionais

Terça-feira

09h00 às 12h00

A combinar

Daniela Maria Amoroso

DAN 507 Tópicos Especiais em Artes Cênicas – Teorias da Dança

Quinta-feira

14h30 às 17h30

A combinar

Maria Albertina Silva Grebler

Viansatã realiza em outubro encontro internacional sobre Antonin Artaud*

Evento ocupará o Saladearte Cinema do Museu, no Corredor da Vitória
Imagem inline 1
O Teatro é uma arma poderosa para influir no mundo. Essa arte tem um inesgotável poder de transformação da vida. O Teatro é a própria Vida, são aspectos inseparáveis. Era desta forma que o encenador e poeta francês Antonin Artaud enxergava o Teatro. Para Artaud tudo o que era vivido por um ator poderia ser tão extraordinário que seria, sob o ângulo certo, mais potente que a própria vida.
Inspirados nesta filosofia cruel, artistas egressos da Universidade Federal da Bahia criaram em 2009 o grupo de investigação artística Núcleo Viansatã de Teatro Ritual. Com o objetivo de dividir suas pesquisas e as de outros artistas/pesquisadores sobre Artaud, o Viansatã realiza de 15 a 19 de outubro o II Encontro Fronteira Sa[n]grada: Artaud e o seu Duplo, que contará com mesas de discussão sobre o tema, apresentações de espetáculos, painel performático, oficinas de teatro e lançamento de livros.
O evento faz parte do calendário comemorativo de sete anos do Viansatã. Na noite libriana de 19 de outubro de 2009 o grupo foi criado e, desde então, inspirado pela filosofia cruel do encenador, ator e poeta francês Antonin Artaud, tem se alimentado de histórias que versam a respeito de paixões devoradoras e realiza investigação continuada sobre o cruzamento de rituais sagrados e energia sexual como motriz de criação compartilhada.
Desta forma, o dia 19 de outubro de 2016 será dedicado ao grupo. O público assistirá na Saladearte do Cinema do Museu um documentário a respeito de sua trajetória e participará de um bate-papo após a exibição. Em seguida, a partir das 22h00, na sede do Viansatã – a Bouche de L’Enfer (Largo Cruzeiro de São Francisco – Pelourinho), ocorrerá o Sarau Maldito, com apresentação da banda do grupo e de artistas convidados.
CONVIDADOS
As ideias de Artaud ensejam um eterno estado de expansão. Será reunido nesse evento um grupo fenomenal de pesquisadores e artistas para contribuir com essa expansão. “Esperamos com esse evento que as visões sobre Artaud tornem mais aguçadas as vidas de outros artistas e de todos aqueles que se permitirem ser contaminados por seu exemplo”, descreve a encenadora-pesquisadora do Viansatã, Amanda Maia.
Dentre os artistas-pesquisadores que irão debater as temáticas do Encontro estão os professores da Universidade de São Paulo (USP) e doutores em artes cênicas Claudio Willer e Almir Ribeiro; e a dramaturga e professora doutora Cleise Mendes, docente da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e imortal da Academia de Letras da Bahia.
Entre os convidados internacionais estão o alemão Wolfgang Pannek, ator e Co-diretor da Taanteatro Companhia e doutorando pela instituição de ensino superior alemã FernUniversität Hagen; e o mestre Carlos Araque Osório, professor da Universidad Distrital Francisco José De Caldas, na Colômbia.
Grande nomes do cenário teatral baiano também participarão das mesas como a mestra Fernanda Júlia Barbosa (UFBA, também diretora artística do NATA- Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas), Luís Alonso, diretor do OCO Laboratório e do Festival Latino-Americano de Teatro da Bahia (FILTE) e o mestre e pesquisador da Teoria Queer, Leonardo Paulino (UFBA).
ENCONTRO
O ator-pesquisador do Viansatã, Jones Mota, explica que o Fronteira brotou da vontade de conhecer as diversas leituras de Artaud feitas por artistas latino-americanos e de possibilitar o diálogo entre eles. “A nossa perspectiva neste Encontro, que é um dos poucos voltado para pesquisas brasileiras influenciadas por Artonin Ataud, é ampliar o compartilhamento dos estudos teórico-práticos em artes cênicas sobre Artaud e seu duplo”, pontua.
“Para nós, o Santo-Velho-Louco (Artaud) é uma fonte inesgotável. Não há limites nas profundezas artaudianas. Queremos possibilitar um espaço de difusão de conhecimento, de intercâmbio, de formação e de fruição. Nosso objetivo é criar um espaço propício para borrar, apagar, sangrar ou sagrar as fronteiras entre arte e vida”, acrescenta.
PROGRAMAÇÃO
Todas as atividades dialogam de alguma forma com a temática artaudiana e possibilitam o compartilhamento das pesquisas dos artistas participantes, incluindo o anfitrião Núcleo Viansatã de Teatro Ritual, que apresenta no dia 17 de outubro seu mais novo espetáculo A Danação de Tristão e Isolda – Capítulo 1, no Pelourinho.
Outros espetáculos da programação que irão ocupar os espaços do Saladearte Cinema do Museu são Para Acabar com o Julgamento de Deus (15/10), com o ator-pesquisador Adeilton Lima, do Distrito Federal, que também fará uma demonstração de trabalho sobre seu novo espetáculo (16/10); e a performance cênico-musical Obsessiva Dantesca, da atriz soteropolitana Laís Machado, no dia 16 de outubro.
Já no dia 18 de outubro o Saladearte Cinema do Museu será ocupado pelo Painel Performático, com performances de artistas-estudantes da Universidade Federal da Bahia, selecionados através de uma convocatória. O Coletivo das Liliths encerra o painel performático, como grupo convidado.
QUEER
O Coletivo das Liliths é um grupo de artistas que desenvolve uma pesquisa artística em torno de temáticas como: afirmação das identidades de gênero, respeito às diferenças, combate à violência contra as ditas minorias, respeito às diversas formas de expressões de sexualidades e o combate às hierarquias de gênero.
A participação do Coletivo das Liliths impulsiona a discussão sobre a Teoria Queer, um dos subtemas do Encontro. Estranho; Talvez ridículo; Excêntrico; Raro; Extraordinário. Essas são algumas traduções para o termo Queer, teoria que começa a ser desenvolvida a partir do final da década de 1980.
Hoje, antes de tudo, Queer é desfrutar da condição de marginalização social, tornando poderosa a possibilidade de desestabilização do estado estabelecido das coisas. Transitar a quilômetros de distância dos padrões normativos da sociedade é evidente entre os integrantes do Núcleo Viansatã de Teatro Ritual, sobretudo na expressão de identidade e sexualidade, assim como foi para Artaud, um mais que notório desviante.
Serviço
O quê? II Encontro Fronteira Sa[n]grada: Artaud e o seu Duplo
Quando? 15 a 19 de outubro de 2016
Onde? Saladearte Cinema do Museu (Av. 7 de Setembro, 2195, Corredor da Vitória, Museu Geológico); Bouche de L’Enfer (Largo do Cruzeiro de São Francisco, 21, Pelourinho); Escola de Teatro da UFBA (Av. Araújo Pinho, Canela)
Entrada? Franca
Programação completa e maiores informações:
*Texto enviado pela produção do evento.

Edital para Pós-Doutorado 2016

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas torna público Edital de abertura de inscrições visando à seleção de candidatos ao Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas.

ATUALIZAÇÂO: O período de inscrição foi corrigido. O período correto é de 01 a 15 de outubro de 2016. O arquivo já foi atualizado.

Confira os detalhes no edital, clicando aqui.