Apresentação

Considerado um Programa de excelência, nota seis (6,0) pela avaliação CAPES, o Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia volta-se para os estudos das artes do espetáculo e da performance, em nível de mestrado e doutorado. Desde sua criação em 1997, ancora-se numa perspectiva transdisciplinar, na interface teoria e prática artística. O horizonte dos estudos acadêmicos presume o duplo enfoque em suas pesquisas e finalizações de curso: as investigações acadêmico-científicas podem contemplar a construção de um trabalho final prático-criativo, que será divulgado paralelamente ao ato de defesa pública de tese ou dissertação. Sem prestigiar apenas a dimensão teórica, tão valorizada no âmbito da pesquisa das artes do espetáculo, e atentos ao rigor necessário à pesquisa acadêmica, os conteúdos dessas dissertações e teses serão contextualizados e desenvolvidos com base também em processos criativos e acadêmico-pedagógicos.

A formação de docentes-pesquisadores e, consequentemente, a produção e a difusão de conhecimentos, no campo interdisciplinar das artes cênicas, vem sendo o principal norte do PPGAC. Para conquistar tal objetivo, há diferentes abordagens consubstanciadas nas seguintes linhas de pesquisa:

  1. matrizes estéticas na cena contemporânea >
  2. poéticas e processos de encenação >
  3. abordagens somáticas, performance e novas mídias >
  4. dramaturgia, história e recepção >
  5. processos educacionais em artes cênicas >

Os projetos dos professores mantêm o diálogo com as respectivas linhas e, ao mesmo tempo, permitem ao candidato verticalizar suas preocupações epistemológicas imersas na leitura crítica da dimensão local, sem negligenciar a realidade brasileira e internacional. Parte-se da premissa que todo conhecimento é situado no tempo e no espaço, e tal pressuposto requer leituras e práticas artísticas assentes numa bibliografia atualizada e, ao mesmo tempo, exige um olhar crítico quanto ao acervo teórico já amplamente reconhecido.