GIPE-CIT

Grupo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão em Contemporaneidade, Imaginário e Teatralidade

Coordenação: Cláudio Cajaíba
Vice-coordenação: Ciane Fernandes

O Grupo foi criado na Universidade Federal da Bahia em 1994, por iniciativa do Prof. Dr. Armindo Bião, com professores e estudantes de Teatro, Dança, Comunicação, Letras e Educação. Com apoio do CNPq (1997-2000), o Grupo deu origem, em 1997, ao Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas – PPGAC/UFBA e, em 1998, à Associação Brasileira de Pesquisa e PG em Artes Cênicas – ABRACE. O Grupo é um dos pólos, em nível internacional, da Etnocenologia, e organizou dois colóquios internacionais em Salvador, em 1997 e em 2007. O GIPE-CIT edita o periódico Cadernos do GIPE-CIT (31 números publicados), realiza eventos e desenvolve ações de apoio a projetos em desenvolvimento e a programas de intercâmbio. O grupo tem publicado livros e coletâneas com resultados de pesquisa. No campo internacional, articula-se com grupos das Universidades de Northampton (UK), Quebèc (Canadá), Lisboa (PT), Crakóvia (Polônia), Bolonha e Roma/Tor Vergata (IT), Nice, Paris V, Paris VIII e Paris X (FR). Destaca-se a intensa produção artística dos integrantes do grupo,incluindo importantes premiações, através da qual a produção acadêmica chega ao público de maneira articulada com a cena, integrando teoria e prática, arte e ciência e criação e crítica. Em 2012, com seus parceiros, o GIPE-CIT realizou eventos sobre: Máscaras, Carnavais e Comunidades (Salvador); Pentesileias, Narrativas e Antropofagia (Fortaleza); Formação e capacitação em Cultura (Salvador) e Etnocenologia na Amazônia (Belém).Vem realizando,em conjunto com o CRILUS da Université Paris Ouest, Jornadas de Estudos Doutorais em sistema de videoconferência. Em 2013, o Grupo também foi co-promotor do VII Colóquio Internacional de Etnocenologia (Paris) e realizou em dezembro o Seminário Trilhas e Trânsitos, na UFBA, comemorando seus 20 anos de criação.