Em artes e citações bibliográficas, Licko Turle. Professor visitante no PPGAC/UFBA (2017-18). Foi professor residente no PPGAC/UNIRIO (2011-2016). Mestre e doutor em teatro (UNIRIO). Licenciado em Letras pela UERJ. Pesquisador do Núcleo de Estudos da Performance AfroAmeríndia. Criou em 1986, com Augusto Boal, o Centro de Teatro do Oprimido no Brasil. Oficializa, com Amir Haddad, em 1999, o Instituto Tá Na Rua. Autor de TEATRO DO OPRIMIDO E NEGRITUDE (2015). TEATRO DE RUA NO BRASIL – A luta pelo espaço público (2016) Coautor e organizador de TEATRO DO OPRIMIDO E UNIVERSIDADE (2016) AUGUSTO BOAL: arte, pedagogia e política (2013); O TEATRO DE RUA NO BRASIL – A Primeira Década do Terceiro Milênio (2010) e TÁ NA RUA – Teatro sem Arquitetura, Dramaturgia Sem Literatura, Ator Sem Papel (2008). Prêmios: PROCENA (2004), FUNARTE Artes Cênicas nas Ruas (2009), FUNARTE Interações Estéticas (2012), Itaú Rumos Cultural (2014) e Arte Negra FUNARTE (2014). Ator, diretor, trabalhou na Europa, África, Américas Central e do Sul e no Brasil. Na SEEDUC-RJ/FUNDAÇÃO CECIERJ, foi Animador Cultural no Programa Especial de Educação, de Darcy Ribeiro; elaborou o Currículo Mínimo de Arte/Regular e o Material Instrucional Didático/Nova EJA. Coordenou o GT Artes Cênicas na Rua da ABRACE e as Jornadas Internacionais Teatro do Oprimido e Universidade na UNIRIO.